quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Apoio ao pesquisador


Fontes de Informação
Atividade essencial à ciência, a pesquisa bibliográfica realiza-se a partir de levantamentos em diversas fontes de informação tais como metabuscadores, bases de dados, bibliotecas e coleções digitais.
Bases de Dados
A USP, em conjunto com a Capes, disponibiliza aos usuários uma série de recursos informacionais adquiridos junto a produtores e fornecedores internacionais de informação, incluindo bases de dados científicas. 
Identificação do Pesquisador
A crescente complexidade dos sistemas de pesquisa e a globalização da ciência apontam para a adoção maciça de um único Identificador Digital de Pesquisador como o ORCiD, ResearcherID, Scopus ID e outros.
Dados de Pesquisa
Dados são componentes centrais no processo de pesquisa. A gestão de dados de pesquisa ou Research Data Management inicia-se com um plano elaborado pelo pesquisador. 
Gerenciadores de Referências
A organização das informações, citações e referências bibliográficas é essencial à qualidade da escrita científica e acadêmica. Obtenha informações sobre o Zotero, Mendeley, EndNote e F1000Workspace.
Agências e Oportunidades de Financiamento
Sem suporte financeiro, a pesquisa qualificada dificilmente se realizaria. É por isso que os financiadores da pesquisa como o CNPq, Fapesp, NIH são tão importantes.
Escrita e Publicação Científica
Descontos para Autores USP, seleção das revistas mais qualificadas, normalização de citações e referências, orientações de escrita de acordo com o tipo de publicação, redação em outros idiomas são exemplos de questões importantes para o pesquisador que vai publicar o resultado de suas pesquisas.
Integridade e prevenção do plágio
A perspectiva ética de respeito aos direitos autorais e à propriedade intelectual sempre norteou a produção intelectual da Universidade de São Paulo. Saiba mais sobre integridade e ética em pesquisa, o que é plágio, como prevenir sua ocorrência.
Indicadores de Pesquisa
O uso de indicadores e métricas de produção científica tornou-se prática rotineira na avaliação da qualidade e desempenho de pesquisa.                               
Fonte: SIBiUSP